7 de dezembro de 2021

“O NOSSO TEMPO É CURTO.” – HOMEM-FORMIGA

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: Ant-Man
Nome no Brasil: Homem-Formiga
Gênero: Ação / Aventura
Ano: 2015
Duração: 1h 58min
Direção: Peyton Reed
Roteiro: Edgar Wright / Joe Cornish / Paul Rudd / Adam McKay Larry / Lieber
Elenco Principal: Paul Rudd / Evangeline Lilly /Michael Douglas / Michael Pena /
Michelle Pfeiffer / Corey Stoll / Lawrence Fishburne/ Abby Ryder Forston
País de produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

Scott Lang é um vigarista especializado em invadir locais e roubar objetos,
e agora precisa assumir seu lado heróico e ajudar o bioquímico Hank Pym
à proteger os segredos por trás do espetacular traje do Homem-Formiga.
Além do humor, trazer os estilo filme de assalto para contar essa história foi uma excelente escolha,
pois acaba valorizando personagens mais secundários
porém não menos hilário como o Luís, personagem de Michael Pena.
Imperdível!

Texto realizado ao som de Engenheiros do Hawaii -Terra de Gigantes

NOTAS E CURIOSIDADES:

O diretor Edgar Wright planejava um filme do Homem-Formiga desde 2003,
ou seja, bem antes de ser iniciado o Universo Cinematográfico da Marvel;

Quando o Universo Cinematográfico da Marvel chegou aos cinemas,
ele foi convidado a reformular o projeto para que se encaixasse nisso,
e recebeu a proposta para dirigir o filme. Inicialmente, ele aceitou a oferta,
mas em maio de 2014, mais de um ano antes do lançamento do longa,
ele abandonou o projeto, devido a várias divergências criativas com a Disney.
Wright queria um filme auto-contido, enquanto o estúdio visava
trazer várias referências aos outros filmes lançados desse universo;

Assim que Edgar Wright abandonou a produção, a Marvel Studios o substituiu Peyton Reed,
que havia sido anteriormente considerado para dirigir Guardiões da Galáxia.
Mas ele não foi o único a entrar para a equipe.
Devido à saída de Wright, o roteiro passou por uma série de adaptações,
e por conta disso, mais roteiristas foram chamados;

Originalmente, quando Edgar Wright ainda estava em estágios iniciais de desenvolvimento,
Hank Pym seria o personagem principal do filme.
Contudo, havia um problema latente: nas HQs, Hank Pym era visto como um herói muito instável
e que tinha um histórico nada agradável: em um surto psicótico, ele chegou a agredir a própria esposa.
Por conta disso, os produtores do estúdio disseram que ele não era um herói legal para um filme para toda a família.
Assim sendo, o protagonista passou a ser Scott Lang, e Pym virou apenas um mentor e coadjuvante;

Paul Rudd foi escolhido para o papel, devido ao seu repertório em vários filmes de comédia,
era esse o tom que a Marvel buscava para o filme do Homem-Formiga;

A atriz Jessica Chastain foi cortada para ser Hope Pym / Vespa,
mas por conta de sua agenda Evangeline Lilly acabou ganhando o papel;

A inclusão do Falcão se deu por conta do roteirista Adam McKay e de Paul Rudd.
Os dois viram Capitão América: O Soldado Invernal, e se apaixonaram pelo personagem.
Após algumas conversas com a Marvel Studios, o próprio Kevin Feige encorajou-os a usar o herói no filme;

Não foi apenas Edgar Wright que deixou o filme.
Porém, quando ele ainda tomava conta da produção, vários atores foram escalados no elenco.
Dentre eles, teríamos Patrick Wilson no papel de Paxton (o novo marido da ex-mulher de Scott Lang, e padrasto de Cassie),
e Matt Gerald e Kevin Weisman em papéis secretos.
Com Wright abandonando o cargo, o filme passou por várias mudanças de planejamento,
e Wilson precisou abandonar o projeto, sendo substituído por Bobby Cannavale

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!