18 de agosto de 2022

“A MELHOR FORMA DE PREVER O FUTURO É CRIÁ-LO” – O VIDENTE

FICHA TÉCNICA:

Nome original: The Dead Zone
Nome do Brasil: O Vidente
Gênero: Ficção científica / Drama / Fantasia / Suspense
Ano: 2002 a 2007
Número de Temporadas: 06
Número de Episódios: 80
Duração: 43 minutos por episódio
Criador: Michael Piller / Shawn Piller
Elenco: Anthony Michael Hall / Nicole DeBoer / Chris Bruno / John L. Adams
País de produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

1 temporada até a 6 temporada (2002 a 2007)

The Dead Zone (conhecida no Brasil como O Vidente).
É uma popular série de televisão dos Estados Unidos,
Foi exibida pelo canal USA Network e AXN e no Brasil pelo SBT,
Esta série é baseada nos personagens do livro de Stephen King.

Na trama Após sofrer um sério acidente de carro
e ficar seis anos em coma, Johnny acorda
e descobre que acabou desenvolvendo o dom
de conseguir ver o passado e prever o futuro
das pessoas em que ele toca.
Com esse novo poder, Johnny vai conseguir ajudar
muitas pessoas e prever futuros catastróficos.
Além disso, Johnny vai ter que se readaptar
ao novo mundo ao seu redor.

O Vidente é uma boa série pra quem curte drama e suspense,
pois cada episódio tem uma trama particular que se fecha em si,
mas tem uma história apocalíptica que liga as temporadas.
Uma das coisas legais da série, é quando Johnny “ativa” suas visões,
a mente de Johnny se teletransporta para um momento específico
da vida de uma pessoa ou a consequência da ação dessa pessoa,
e ele pode, desta forma, “analisar” as visões e tirar suas conclusões
sobre elas e assim encontrar as pistas para resolver um caso.
confira!

Texto escrito ao som de Florence + The Machine – Stand By Me

NOTAS E CURIOSIDADES:

Michael Piller, um dos criadores desta série,
em 1993 foi co-autor de Star Trek: Deep Space Nine.
Nesta série, Nicole de Boer tinha um personagem,
e Piller não hesitou em contatá-la novamente
para interpretar Sarah Bracknell Bannerman,
o interesse romântico de Johnny.

Johnny usa uma bengala durante a série.
Se você olhar de perto, é o mesmo (embora com uma cabeça diferente)
usado por Stu Redman em The Stand (1994) e Andre Linoge em Storm of the Century (1999).
A primeira é uma minissérie baseada em uma peça de Stephen King ,
enquanto a segunda foi inteiramente escrita por King para a televisão.

Como qualquer adaptação, os criadores fizeram mudanças em relação à história original.
Por exemplo, o coma de Johnny dura seis anos na televisão,
enquanto no livro, o personagem acorda quatro anos depois.

Outra grande mudança é que as habilidades de Johnny também são diferentes:
nos livros Johnny não tem visões, mas “flashes” que não são claros
e o fazem entrar em um transe que assusta quem está por perto.
Na série, as visões passam despercebidas pelo resto.

Anthony Michael Hall foi o único personagem a participar de todos os episódios da série.
Seu rosto ficou famoso na década de 1980, por participar de filmes adolescentes como:
Gatinhas & Gatões (1984), Clube dos Cinco (1985) e Mulher Nota 1000 (1985).
Sua carreira tornou-se um acúmulo de pequenos papéis em séries de televisão,
até 1999, quando interpretou Bill Gates em Piratas do Vale do Silício,
atuação que lhe deu notoriedade novamente
e que certamente contou para a conquista do papel principal em The Dead Zone .

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!