18 de agosto de 2022

“MENINO NÃO TEM QUE QUERER” – ZEZINHO, O DONO DA PORQUINHA PRETA

FICHA TÉCNICA:

Titulo: Zezinho, o dono da porquinha preta
Título Original: Zezinho, o dono da porquinha preta
Autor: Jair Vitória
Gênero: Romance / Aventura
Editora: Atica
Coleção/Arco: Vagalume
Publicação: Original 1981
Número de Páginas: 126 páginas

RESENHA (SEM SPOILERS):

O livro conta a história de Zezinho, um menino do interior,
cujo pai é um sujeito rústico,
que não tinha o costume de ter demonstrações de afeto,
muito pelo contrário, era extremamente severo
e não tolerava que suas ordens fossem contrariadas.
Qualquer desobediência ou contrariedade era motivo de surra.
Zezinho adotou como animal de estimação Maninha,
uma porquinha preta como a noite.
Ele a adorava, fazia carinha, dava leite como se fosse um cachorrinho.
Acontece que Maninha cresceu
e seu pai achou uma boa idéia vendê-la e fazer um dinheiro.
O livro gira em torno das confusões de Zezinho
tentando evitar que seu pai venda Maninha.
É também um livro extremamente realista,
retratando a realidade das famílias
que viviam do trabalho na roça na época,
o autoritarismo do pai, o sentimentalismo da mãe,
mas que nada pode diante da teimosia do marido
e do temor dos filhos em contrariar,
não por amor ou respeito, mas pelo medo.

Resenha escrita ao som de Pink Floyd – Pigs

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!