26 de junho de 2022

“JÁ ESTOU ACOSTUMADO A ME FERRAR” – A HORA DO RUSH

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: Rush Hour
Nome do Brasil: A Hora do Rush
Gênero: Comédia / Ação
Ano: 1998
Duração: 1h 38min
Direção: Brett Ratner
Roteiro: Jim Kouf / Ross LaManna
Elenco Principal: Jackie Chan / Chris Tucker / Tom Wilkinson /
Chris Penn / Elizabeth Peña
País de Produção: Estados Unidos / China

RESENHA (SEM SPOILERS):

Em Hong Kong, na última noite noite do controle britânico sobre o local,
o inspetor Lee, um grande amigo do cônsul Han,
consegue impedir que peças preciosas da história da China
sejam contrabandeadas para fora do país.
Dois anos depois, o chefe desse crime resolve se vingar
e sequestra a filha de Han, que agora vive em Los Angeles como diplomata chinês.
Como não confia no FBI, Han chama Lee para ajudá-lo a resgatar sua filha.
Mas os oficiais do FBI não desejam nenhuma ajuda externa no caso,
e para evitar que Lee atrapalhe nas investigações,
designam um detetive rebelde e tagarela, James Carter, para acompanhá-lo.
A intenção do FBI é que Carter mantenha Lee o mais longe possível do caso,
mas ele não sabe disso e quando ele descobre a verdadeira intenção
de sua designação para o caso, resolve ajudar Lee a encontrar a jovem sequestrada.

A Hora do Rush, é um filme interessante, pois junta dois agentes da lei bem diferentes,
de um lado temos experiente inspetor Lee, interpretado por Jackie Chan
e do outro, o grande desastre da polícia de Los Angeles, Carter, vivido por Chris Tucker.
Um filme cheio de ação e com uma dupla de atores extremamente carismáticos
fazendo o que sabe fazer de melhor, Jackie Chan com suas lutas bem coreografadas
e Chris Tucker fazendo suas piadas e atrapalhadas, deixando o longa ainda mais divertido.
Imperdível!

Texto realizado ao som de I’ll Be Missing You – Puff Daddy & Faith Evans feat

NOTAS E CURIOSIDADES:

Seguido por A Hora do Rush 2 (2001) e Hora do Rush 3 (2007).

Ao término do filme são exibidos alguns erros
ocorridos durante as filmagens de A Hora do Rush.

Acostumado a encarar desafios sem muita segurança envolvida,
Jackie Chan ficou chocado com as precauções que a produção
tinha para garantir a sua integridade.
Mesmo o coordenador de dublês Terry Leonard admitindo que Chan poderia saltar sozinho,
na cena da Embaixada da China, a equipe construiu um andaime de cada lado da janela,
para o caso de a ação dar errado.

Depois que a filmagem e a edição foram concluídas,
um corte de teste foi mostrado ao público, que exigiu mais cenas de ação de Jackie Chan.
A equipe voltou para mais alguns dias de filmagem e expandiu as cenas finais,
acrescentando a cena em que Chan luta contra vários bandidos e a cena do vaso gigante.

O filme serviu de inspiração para a criação do site Rotten Tomatoes.
O fundador do site, Senh Duong, é um grande fã de Jackie Chan
e o construiu para coletar críticas de todos os filmes de Chan,
conforme eram lançados nos Estados Unidos.
O site foi projetado em duas semanas, antes do lançamento do filme.
O site é hoje em dia uma das maneiras mais confiáveis de descobrir
se um filme é bom através da classificação de críticos e do público.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!