16 de agosto de 2022

“AVANTE! OS MARCIANOS ESTÃO CHEGANDO!” – A GUERRA DOS MUNDOS

FICHA TÉCNICA:

Titulo: A guerra dos mundos
Título Original: The War of the Worlds
Autor: H.G. Wells
Gênero: Suspense / Aventura / Ficção / Romance científico
Editora: Suma
Publicação: Original 1898
Número de Páginas: 312 páginas

Herbert George Wells, mais conhecido como H. G. Wells,
foi um aclamado autor inglês que se destacou por seus romances voltados à ficção.
Dele sairam obras como A Máquina do Tempo, O Homem Invisível,
Os dias do cometa, The Shape of Things to Come, A ilha do Dr. Moreau
e A Guerra dos Mundos, a obra da qual falamos agora.

RESENHA SEM SPOILERS:

O livro narra acontecimentos passados no início do século XX.
O narrador, que não nos dá seu nome, é convidado a ir ao observatório de Ottershaw,
onde observa o início de uma série de explosões na superfície de Marte.
Mais tarde, perto de sua casa acontece a queda de um objeto,
a princípio acreditam ser um meteoro, mas depois descobrem ser um cilindro metálico
de onde saem os alienígenas, matando todos que se aproximam com com um raio de calor,
depois utilizam uma fumaça negra que mata tudo que com ela tem contato.
Mais cilindros vão caindo e a situação somente piora.
Quando precisa voltar para casa um pouco mais tarde,
descobre que os marcianos se locomovem em máquinas com um tripé metálico.
A força militar da terra não é páreo para o poderio dos alienígenas.
Tudo parece perdido, pois não há diálogo,
e nada na terra parece capaz de deter o que aparenta ser o final da humanidade.

Resenha escrita ao som de REM – It’s The End Of The World As We Know It (And I Feel Fine)

NOTAS E CURIOSIDADES:

Em 1938 o jovem Orson Welles dramatizou o livro na rádio CBS
em um programa semanal que imitava um programa jornalístico.
As pessoas que não ouviram a introdução do programa
e ligaram o rádio depois entraram em pânico.
Pelas estatísticas, 6 milhões de pessoas ouviram o programa,
pelo menos metade delas ligou depois e não ouviu a introdução,
1,2 milhões acreditaram ser uma invasão de verdade
e metade destas pessoas acreditou que o perigo era iminente,
congestionando linhas telefônicas, estradas e ruas na tentativa de fugir.
Em 1971 a rádio Difusora fez o mesmo em São Luis.
Assim como a transmissão de 1938, a de 1971 também causou pânico,
envolvendo o Exército Brasileiro.

O Livro teve duas adaptações para o cinema,
A guerra dos mundos de 1953 e A guerra dos mundos de 2005,
dirigido por Steven Spielberg e estrelado por Tom Cruise.
Anteriormente em 1925 Cecil B. Demille, e em 1930 Alfred Hitchcock
tentaram sem sucesso fazer as suas adaptações da obra.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!