16 de agosto de 2022

“ANTES TARDE DO QUE NUNCA!” – CAPITÃ MARVEL

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: Captain Marvel
Nome no Brasil: Capitã Marvel
Gênero: Ficção / Aventura / Fantasia / Ação
Ano: 2019
Duração: 2h 3min
Direção: Anna Boden / Ryan Fleck
Roteiro: Anna Boden / Ryan Fleck
Elenco Principal: Brie Larson / Samuel L. Jackson / Jude Law / Djimon Houson /
Lashana Lynch / Gemma Chan / Clark Gregg / Akira Akbar
País de produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

Situado nos anos 1990, o filme da Capitã Marvel traz a tarefa
de apresentar a super-heroína dentro do universo do MCU,
apostando em ação e humor típica dos filmes polícias daquela década.
Para apresentar uma personagem em um universo já estabelecido,
o roteiro é calçado em flashbacks e referências da década do grunge.
Confira!

Texto realizado ao som de Audioslave – Like A Stone

NOTAS E CURIOSIDADES:

Esse é o primeiro filme após a morte de Stan Lee e o logo de introdução,
que costuma trazer recortes de quadrinhos dos protagonistas,
desta vez fez uma coletânea das melhores participações do autor no MCU;

A locadora Blockbuster mostrada no filme é a única atualmente remanescente da rede
que se tornou mundialmente famosa nos anos 1990;

Brie Larson é alérgica a gatos, então suas cenas envolvendo Goose
foram filmadas com um fantoche ou VFX gerado por computador;

Para se preparar para seu papel como Capitã Marvel,
Brie Larson treinou quatro horas por dia durante nove meses, aprendendo judô, boxe e luta livre.
Ela também visitou a Base Aérea de Nellis e se encontrou com aviadores da ativa,
incluindo o Brigadeiro General Jeannie Leavitt e o piloto dos Thunderbirds Major Stephen ‘Cajun’ Del Bagno,
que morreu em um acidente e a quem o filme presta homenagem nos créditos.
Ele e outros membros da unidade deram a Brie Larson o indicativo “Sparrow”.

Nos quadrinhos, o gato da Capitã Marvel se chama Chewie, em homenagem ao Chewbacca de Star Wars (1977).
Neste filme, foi nomeado Goose em homenagem ao Goose Bradshaw de Top Gun: Ases Indomáveis ​​(1986);

O personagem de recorte que Vers filma na loja Blockbuster originalmente deveria ser O Máskara (1994),
com Vers confundindo o rosto verde com um Skrull, mas os cineastas não conseguiram garantir
os direitos da Warner Bros., que detém a distribuição do filme, direitos e também é uma empresa rival da Disney.
Harry Tasker (Arnold Schwarzenegger) de True Lies (1994) foi escolhido;

O nome “Capitã Marvel” nunca é falado no filme e não é visto impresso até os créditos finais.
O nome é dito pelo Homem-Aranha em Homem-Aranha: Longe de Casa (2019).

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!