16 de agosto de 2022

“A VIDA DEVE SER MAIS DO QUE APENAS SOBREVIVER” – THE 100

FICHA TÉCNICA:

Nome original: The 100
Nome do Brasil: Os 100
Gênero: Ação / Drama / Distópico / Pós apocalíptico / Ficção científica
Ano: 2014 a 2020
Número de Temporadas: 07
Número de Episódios: 100
Duração: 42 minutos por episódio
Criador: Jason Rothenberg
Elenco: Eliza Taylor / Bob Morley / Paige Turco / Thomas McDonell / Eli Goree /
Marie Avgeropoulos / Kelly Hu / Christopher Larkin / Devon Bostick / Chuku Modu /
Isaiah Washington / Henry Ian Cusick / Lindsey Morgan / Ricky Whittle / Richard Harmon /
Zach McGowan / Tasya Teles / Shannon Kook / Shelby Flannery / Sara Thompson
País de produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

1 temporada até a 7 temporada (2014 a 2020)

The 100 é uma série de drama e ficção científica norte-americana de 2014,
desenvolvida por Jason Rothenberg para a emissora The CW,
baseada no livro homônimo (primeiro livro da série literária) de Kass Morgan.
No Brasil, foi exibida inicialmente pela MTV e depois pela Warner Channel.

A série se passa 97 anos após uma guerra nuclear devastadora
que dizimou quase toda a vida na Terra.
Os sobreviventes são os moradores de uma estação espacial, chamada “Arca”,
onde cerca de 2400 pessoas vivem sob a liderança do Chanceler Jaha.
Os recursos são escassos e todos os crimes, não importando sua natureza ou gravidade,
são puníveis com a morte por ejeção ao vácuo espacial (“flutuação”),
a menos que o autor do crime seja menor de 18 anos.
Depois de detectarem uma falha crítica nos sistemas de suporte de vida da Arca,
100 (cem) prisioneiros juvenis são declarados “dispensáveis”
e enviados de forma obrigatória para a superfície em uma última tentativa
de determinar se a Terra se tornou habitável novamente
em um programa chamado “Os 100” (que dá nome a série).
Os adolescentes chegam em um belo planeta que apenas avistaram do espaço.
Confrontando os perigos deste mundo novo acidentado,
eles lutam para formar uma comunidade experimental.

The 100 é uma série que se reinventa a cada temporada,
cheia de dramas, ação, conflitos, ficção cientifica e romance,
agrada demais quem curte esses gêneros e conta com uma boa direção.
Apesar da série ser voltada para o publico adolescente,
Consegue cativar um publico mais maduro, com um elenco carismático
e claro, uma boa dose de suspense e reviravoltas em quase todos episódios.
imperdível!

Texto escrito ao som de Nenhum de nós – O Astronauta de Mármore

NOTAS E CURIOSIDADES:

Uma grande parte da trilha sonora de The 100 é inspirada nos jogos da série Fallout.

A série começou a ser filmada antes do lançamento do livro,
Embora muitas séries baseadas em livros não comecem a filmar
por algum tempo após o lançamento do livro, esse não é o caso de The 100.
A série começou a ser filmada antes mesmo do livro de Kass Morgan ser lançado.
Mas, depois de lançados, a franquia tornou-se um best seller do New York Times.

Os nomes de vários dos personagens da série
são inspirados em conhecidos escritores de ficção científica,
como Arthur C. Clarke, H. G. Wells, Octavia Butler e Edward Bellamy.

A linguagem da série compartilha algo em comum com Game of Thrones,
O idioma falado pelos “Terrestres” na série é chamado Trigedasleng.
Curiosamente, Trigedasleng foi criado pela mesma pessoa
que criou a linguagem de Game of Thrones, Dothraki!

Os atores são significativamente mais velhos que os personagens que interpretam,
Enquanto a personagem Clarke começa a série com apenas 18 anos,
a atriz Eliza Taylor tinha 26 anos quando começou a interpretar o papel.
Da mesma forma, o personagem de Bellamy tinha 23 anos no início da série,
mas Bob Morley, que interpreta o personagem, tinha 31 quando a série começou.

As cenas da selva não usam uma tela verde,
Todas as cenas na selva em The 100 são na verdade uma área verde e exuberante
e são tão bonitas na vida real quanto na tela, o local fica em Vancouver, British Columbia.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!