18 de maio de 2022

“EU SEI COMO É PERDER” – VINGADORES: GUERRA INFINITA

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: Avengers: Infinity War
Nome no Brasil: Vingadores – Guerra Infinita
Gênero: Ficção / Aventura / Fantasia /Ação
Ano: 2018
Duração: 2h 29min
Direção: Anthony / Joe Russo 
Roteiro: Christopher Markus / Stephen McFeely
Elenco Principal: inclui Robert Downey Jr. / Chris Hemsworth / Mark Ruffalo /
Chris Evans / Scarlett Johansson / Benedict Cumberbatch / Don Cheadle / 
Tom Holland / Chadwick Boseman / Paul Bettany /Elizabeth Olsen /
Anthony Mackie / Sebastian Stan / Danai Gurira / Letitia Wright /
Dave Bautista / Zoe Saldaña /Josh Brolin / Chris Pratt
País de produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

Em seu plano de dar equilíbrio ao universo,
Thanos almeja jeito reunir as Jóias do Infinito,
colocando em risco a existência de metade da vida existente no cosmo.
Caberá aos Vingadores impedir que o titã louco obtenha êxito em sua missão.
Reunindo pela primeira vez diversos personagens do MCU,
Vingadores: Guerra Infinita se mostra um filme único
que funciona bem, mesmo para quem não tenha acompanhado
toda a saga da Marvel no cinema, com roteiro fechado e coeso.
Imperdível!

Texto realizado ao som de Alan Silvestri – The Avengers

NOTAS E CURIOSIDADES:

Os  roteiristas chegaram a pedir para que Robert Downey Jr.
reescrevesse os diálogos de algumas de suas cenas.
A ideia era que o ator pudesse dar mais autenticidade a Tony Stark durante o filme.

Tom Holland não teve permissão para ler o roteiro deste filme,
pois revelou segredos demais para Homem-Aranha: De Volta ao Lar (2017);

Mark Ruffalo revelou que recebeu um roteiro falso
devido ao seu hábito de estragar acidentalmente filmes anteriores da Marvel.
Ele afirmou brincando em uma entrevista que o roteiro falso era melhor que o real;

Chris Hemsworth queria que o Thor de Guerra Infinita seguisse a linha do herói em Thor: Ragnarok.
Por isso ele pediu para os diretores construírem um Thor mais engraçado
e menos sério em Vingadores: Guerra Infinita;

Steve Rogers teve um novo visual para este filme.
Ao final de Capitão América: Guerra Civil (2016), Steve Rogers deixou o cargo de Capitão América,
algo que ocorreu várias vezes nos quadrinhos, quando ele assumiu a identidade de “Nômade”;

Os irmãos Russo demoraram um bom tempo para decidir
qual herói iria encontrar qual herói em Vingadores: Guerra Infinita.
Eles queriam que personagens diferentes se encontrassem e se unissem no longa.
Por isso, Tony Stark encontrou o Doutor Estranho, por exemplo, por eles terem crenças diferentes;

Ao contrário do que alguns podem pensar, a cena do sensor aranha foi filmada sem o uso de CGI.
Os diretores apenas assopraram as orelhas de Tom Holland para que ele ficasse arrepiado;

Cerca de 96% do longa é formado por CGI.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!