16 de agosto de 2022

“MEU PRECIOSO!” – O SENHOR DOS ANÉIS – AS DUAS TORRES

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: The Lord Of The Rings: The Two Towers
Nome do Brasil: O Senhor Dos Anéis: As Duas Torres
Gênero: Fantasia / Aventura
Ano: 2002
Duração: 2h 59min
Direção: Peter Jackson
Roteiro: Peter Jackson / Fran Walsh / Phillipa Boyens
Elenco Principal: Elijah Wood / Sean Astin/ Ian McKeller / Critopher Lee /Viggo Mortensen /
John Rhys-Davies / Cate Blanchett / Orlando Bloom / Dominic Monaghan / Billy Boys / Liv Tyler /
Hugo Weaving / Sean Bean / Brad Dourif / Bernard Hills / Bruce Allpress / Andy Serkis
País de produção: Estados Unidos / Nova Zelândia

RESENHA (SEM SPOILERS):

A Sociedade do Anel é desfeita,
mas Frodo e seu fiel amigo Sam seguem na missão de destruir o Anel
para conter o ressurgimento de Sauron.
Comandados por Saruman, as forças do mal avançam
em seus planos de devastação e domínio da Terra-Média.
Em meio as batalhas épicas e reviravoltas,
uma criatura aparece para retomar seu objeto perdido e mais desejado, o Anel.
O destaque nesse segundo filme da trilogia,
fica por conta da interpretação de Andy Serkis no papel de Gollum / Smeagol,
dando vida a criatura com a ajuda da tecnologia de captação de movimentos,
revolucionária na época.
Imperdível!!!

Texto realizado ao som de Rhapsody – Emerald Sword

NOTAS E CURIOSIDADES:

O Senhor dos Anéis – As Duas Torres é o segundo de três filmes
baseados na série de livros escrita por J.R.R. Tolkien.

O filme venceu o Oscar (2002) nas categorias de Melhores Efeitos Visuais,
Melhor Trilha Sonora Original, Melhor Maquiagem e Melhor Fotografia;

Um dos poucos filmes a faturar mais de 100 milhões em sua primeira semana.
Ele alcançou a marca de 200 milhões dentro de 12 dias
(Spider-Man levou nove para fazer isso e 34 dias para chegar a US $ 300 milhões);

O boneco animatrônico de Barbárvore tinha 14 metros de altura;

A batalha no Abismo de Helm levou 4 meses de filmagem, sempre à noite;

Após os ataques terroristas sofridos pelos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001,
chegou a ser cogitada a mudança do título do filme,
devido à coincidência com as torres destruídas do World Trade Center.
Quem vetou a troca foi o próprio diretor Peter Jackson,
que declarou ainda que caso esta mudança fosse feita os fãs o matariam.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!