7 de dezembro de 2021

“O MELHOR AMIGO DE UM GAROTO É SUA MÃE” – PSICOSE

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: Psycho
Nome do Brasil: Psicose
Gênero: Suspense
Ano: 1960
Duração: 1h 50min
Direção: Alfred Hitchcock
Roteiro: Joseph Stefano
Elenco Principal: Anthony Perkins / Janet Leigh / Vera Miles /
John Gavin / Martin Balsam
País de Produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

Em Psicose, Marion Crane é uma secretária que rouba 40 mil dólares
da imobiliária onde trabalha para se casar e começar uma nova vida.
Durante a fuga a carro, ela enfrenta uma forte tempestade,
erra o caminho e chega em um velho hotel.
O estabelecimento é administrado por um sujeito atencioso
chamado Norman Bates, que nutre um forte respeito e temor por sua mãe.
Marion decide passar a noite no local, sem saber o perigo que a cerca.

Psicose” é um clássico dos filmes de terror e cuja fama é merecida.
Se tornou um referência pra vários filmes que vieram depois,
Com ótimo enredo, muito à frente de seu tempo.
A direção impecável de Hitchcock, tornou algumas cenas memoráveis,
como a épica cena do chuveiro da atriz Janet Leigh
e o final surpreendente entraram para o imaginário coletivo.
Imperdível.

Texto realizado ao som de Psicopata – Capital Inicial

NOTAS E CURIOSIDADES:

Psicose é baseado no livro “Psicose” de Robert Bloch, que por sua vez,
o escreveu inspirado nos crimes de Ed Gein, um serial killer de Wisconsin.

Hitchcock comprou anonimamente os direitos do livro de Robert Bloch,
que deu origem ao roteiro do filme; ele pagou onze mil dólares e depois
comprou todas as cópias disponíveis no mercado para que ninguém o lesse e,
consequentemente, seu final não fosse revelado.

Psicose foi filmado em preto e branco por opção do próprio Alfred Hitchcock,
que considerava que a cores o filme ficaria “ensanguentado” demais.

Em 2012 estreou o filme Hitchcock, adaptado do livro de Stephen Rebello
sobre os bastidores das filmagens de Psicose.
Com Anthony Hopkins no papel do diretor, Helen Mirren como sua esposa,
Scarlett Johansson como Vivien Leigh e James D’Arcy como Anthony Perkins.

Em 2013 estreou a série Bates Motel, que conta a vida de Norman Bates
e sua mãe na cidade de White Pine Bay antes dos eventos de Psicose.

Uma pesquisa realizada na Grã Bretanha elegeu a música de Psicose
como a mais aterrorizante da história do cinema, superando as melodias de A profecia,
O chamado, O fantasma da Ópera e O Exorcista.

Quando Psicose estreou, no cartaz estava escrito pelo próprio Hitchcock:
“Por favor, não conte o final para ninguém, eu não tenho outro”
e uma vez iniciado, não era permitido que mais ninguém entrasse na sala do cinema.

O longa foi seguido por Psicose 2 (1983), Psicose 3 (1986) e Psicose 4 – A Revelação (1990).
Apenas o primeiro filme foi dirigido por Alfred Hitchcock.

Foi refilmado em 1998 por Gus Van Sant, tendo também recebido o nome Psicose
e considerado um dos piores filmes do cinema.


SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!