1 de dezembro de 2021

“ESTAR COM VOCÊ ME FEZ ME SENTIR OUTRA PESSOA” – ANTES DO PÔR-DO-SOL

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: Before Sunset
Nome do Brasil: Antes do Pôr-do-Sol
Gênero: Romance
Ano: 2004
Duração: 1h 17min
Direção: Richard Linklater
Roteiro: Richard Linklater / Kim Krizan / Ethan Hawke / Julie Delpy
Elenco Principal: Ethan Hawke / Julie Delpy
País de Produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

Jesse e Celine se conheceram por acaso
em uma viagem de trem que ia de Budapeste a Viena,
passando o dia juntos e se separando no início do dia seguinte.
Nove anos depois eles se reencontram, novamente por acaso.
Jesse agora é um conhecido escritor, enquanto que Celine
trabalha para uma organização de proteção ao meio-ambiente.
Jesse agora está em Paris para promover seu mais novo livro e,
após reencontrar Celine, passa com ela algumas horas,
onde discutem o que aconteceu em suas vidas em todos estes anos.

Antes do pôr do-sol mantém a mesma grandeza do primeiro filme.
Com ótimos diálogos e com excelentes atuações de Ethan Hawke e Julie Delpy,
mesmo se passando quase uma década de um filme para o outro.
Não é um filme triste, com uma história fantástica ou comovente,
mas um filme, coma proposta de mostrar o impacto de reencontrar alguém
que marcou sua vida no passado e realmente pode mudar seu futuro.

Texto realizado ao som de Debbie Gibson – Foolish Beat

NOTAS E CURIOSIDADES:

As filmagens duraram apenas quinze dias,
e custaram dois milhões de dólares estadunidenses.
Para os padrões estadunidenses, o prazo foi curto e o orçamento, pequeno.

Ao contrário do primeiro filme da série, que, em pouco menos de duas horas de projeção,
mostrava o entardecer, a noite, a madrugada e o comecinho da manhã,
“Antes do pôr do sol” se passa em tempo real, e cada minuto de filme
equivale a um minuto no “tempo do filme”.
Richard Linklater disse que esse foi um desafio,
pois eles tinham entre duas e quatro horas de luz por dia para poderem filmar.

No filme, a personagem Celine afirmar ter composto três músicas:
“uma valsa”, “uma música para um ex-namorado” e um “música para seu gato”.
Duas delas são tocadas ao longo do filme e uma faz parte da trilha sonora,
e todas foram compostas pela própria Julie Delpy.
São, respectivamente, “A waltz for a night”, “An ocean apart” e “Je t’aime tant”.

O filme ganhou dois prêmios: o Empire Award, em 2005,
foi para Julie Delpy, na categoria de melhor atriz.
Pelo mesmo motivo, a atriz também ganhou o SFFCC Award
(só que esse prêmio foi de 2004).

O filme ainda foi indicado ao WGA Award (melhor roteiro),
OFCS Award (melhor roteiro, filme e atriz),
Independent Spirit Award (melhor roteiro),
Gotham Awards (melhor filme), Bodil (melhor filme americano),
Urso de Ouro do Festival de Berlim (melhor diretor),
Condor de Prata (melhor filme estrangeiro em idioma não hispânico)
e o Oscar (melhor roteiro adaptado).

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!