1 de dezembro de 2021

“QUANDO OS INIMIGOS SE UNEM” – SUPER MARIO RPG : LEGEND OF THE SEVEN STARS

APRESENTAÇÃO:

Super Mario RPG: Legend of the Stars é um jogo de RPG, lançado em 1996.
Foi desenvolvido pela Square (atual Square Enix) e a Nintendo, para o Super Nintendo.
Conta com uma história separada da cronologia normal da série de Mario.

Caixa , manual, cartucho e um mapa do jogo.

HISTÓRIA:

A história começa com a Princesa Toadstool (Peach na versão japonesa),
sendo novamente raptada por Bowser (King Koopa na versão japonesa).
Mario corre até o castelo de Bowser e salva a princesa.
Entretanto, ao contrário dos jogos anteriores da série Mario,
em Super Mario RPG, Bowser não é o principal vilão.
Uma espada gigante, que tem nome de Exor,
desce do céu e cai diretamente sobre o castelo de Bowser,
arremessando para longe todos que estavam dentro do castelo.
Mario aterrissa em sua casa, enquanto a Princesa e Bowser caem em outro lugar.
Ao retornar ao castelo de Bowser,
Mario observa a espada gigante derrubar a ponte que dá acesso ao castelo.
Decide então procurar a princesa em outros lugares.
No caminho, Mario encontra Mallow e Geno,
que falam que estavam atrás das Sete Estrelas que compõem a Star Road,
as quais caíram na Terra após a queda da espada gigante chamada Exor.
Geno conta que a espada é um dos membros da gangue de Smithy, o vilão do jogo.
Mais tarde, Mario encontra Bowser batendo na porta da Booster Tower,
o local onde a princesa caiu, após ser arremessada pelo impacto da espada gigante.
Bowser une-se à Mario para recuperar seu castelo e ambos resgatam a Princesa.
Agora, os três, juntamente com Mallow e Geno,
partem para recuperar as estrelas perdidas e derrotar Smithy.

O jogo usa um sistema de batalha misturando elementos da série Final Fantasy e Chrono Trigger

PERSONAGENS PRINCIPAIS:

Mario: É protagonista do jogo assim como todos os seus jogos anteriores da série.
Mario é o mais balanceado dos cinco, seus ataques se baseiam em pulos e flores de fogo.

Mallow: Um menino feito de nuvens que se diz ser um sapo, mas que não sabe pular.
Mallow é um personagem que se usa mais magia do que força,
seus ataques são na maioria elemento trovão e curar aliados.

Geno: Um boneco que ganhou vida depois que uma estrela o tocou.
Geno tem mais poder de ataque do que qualquer outro personagem, mas sua defesa é baixa.
Uma curiosidade é que esse personagem foi inspirado em Dragon Ball Z,
porque em um de seus ataques mágicos está escrito “Kamehameha”.

Bowser: Pela primeira vez o jogador poderá controlar Bowser, mesmo sendo inimigo de Mario.
ele concorda em ajudar Mario a resgatar a Princesa Peach numa torre e ter seu castelo de volta.
Bowser é um personagem ofensivo, sua força é alta e também é o personagem que tem mais HP.

Princess Peach: tem um papel mais importante do que ser apenas salva por Mario.
Apesar de ser uma princesa, Peach tem poderes, os quais usam pontos de flores.
Seus poderes na maioria são em ajudar aliados, tais como curar todo o grupo.

Super Mario RPG ganhou uma sequência no Nintendo 64 chamada Paper Mario, que continua até hoje nos consoles da Nintendo.

GAMEPLAY:

O game conta com uma jogabilidade que combina elementos da série Final Fantasy e Chrono Trigger.
Mario pode pular, pegar itens nos blocos (que neste jogo são chamados de tesouros).
Pode ganhar moedas nas batalhas para comprar vestimentas e armas
e também achar tesouros perdidos, que é a mesma coisa que os normais só que estão invisíveis.
Os combates do jogo são por turnos, onde cada personagem nosso ou inimigo, ataca um de cada vez.
mas não há barrinhas pra ver quem ataca primeiro, há uma ordem especifica, que raramente muda.
Para facilitar as batalhas, não precisa acessar um monte de menus, basta apertar um ou dois botões.
É bem simples, cada botão corresponde a uma ação.
O botão A é para atacar , o Y é para usar magia, o X é para usar itens e o B é para se defender ou fugir.
Outro fator interessante é que é possível dar golpes “Critical” sem precisar contar com a sorte,
basta apertar o botão A na hora certa e o mesmo vale para a defesa.
Apertar o A na hora certa do ataque inimigo por diminuir ou mesmo anular os danos causados pelo inimigo.
Esse sistema virou um padrão usado por outros jogos de RPG da série Mario como: Mario e Luigi ou Paper Mario.
Outra coisa a ser mencionada é a elevação de níveis, ganhos adquiridos mas depois que vencer as batalhas.
Quando um personagem sobe de nível, ele é levado numa tela com três ícones.
Um com um desenho de um cogumelo, um martelo e uma estrela.
Esses três ícones são um bônus que servem para aumentar ainda mais os status do personagem.
Escolhendo o cogumelo aumenta o HP, o martelo aumenta força física e defesa física,
a estrela aumenta dano mágico e defesa mágica.
Só que apenas um deles pode ser escolhido, então é preciso escolher bem em qual personagem usar.
Após subir alguns níveis o personagem ganha novos poderes.
Existe uma variedade boa de inimigos e os clássicos que aparecem: Goomba, Koopa Troopa, piranhas enfim.
É um universo do Mario em um RPG.

Quem imaginaria o Mario e o Bowser como aliados um dia?

GRÁFICOS E SONS:

Os gráficos são um ponto forte no jogo…
Graficamente o jogo é visto numa perspectiva isométrica com uma qualidade impressionante,
tudo graças ao chip SA-1 (Super Accelerator 1) que a Nintendo incluiu no cartucho do jogo.
É tão impressionante que fará com que o jogador se questione se está mesmo perante um jogo de 16 bits.
Tudo graças a um mundo recriado com detalhes e com muito capricho, destaque para a animação de abertura.
Não é a toa que este jogo entra num top 10 dos mais belos RPGs no catálogo do Super Nintendo.
Se graficamente impressiona imagina na parte sonora então ?
Suas músicas são maravilhosas, todas com a dose certa de emoção, e foram muito bem encaixadas.
Conta com nomes de peso como: Yoko Shimomura (Kingdom Hearts),
alguns temas de gênios como Nobuo Uematsu (Final Fantasy) e Koji Kondo (Super Mario e Zelda).

Os gráficos do jogo são lindos e a trilha sonora é épica!

CONCLUSÃO:

Super Mario RPG fez tanto sucesso que ganhou uma “sequência” para N64 chamada Paper Mario.
A série ainda ganhou sequência no Gamecube, Wii, Wii U, Switch, GBA, NDs e 3Ds
A única coisa que senti falta foi Jogar com o Luigi (Que mancada da Nintendo)
Ele só participa bem depois na série de RPG: Mario & Luigi e Paper Mario.
Esse jogo é a prova que misturar jogo de plataforma com RPG dá muito certo.
Ótimos gráfico, trilha sonora épica, sistema de combate simplificado e intuitivo,
E ainda tem o humor presente na aventura e o carisma de outros jogos da série Mario.
Super Mario RPG é um dos melhores jogos de RPG do Super Nintendo!

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!