7 de dezembro de 2021

“BAZZINGAAAAAAAAA!” – BIG BANG: A TEORIA

FICHA TÉCNICA:

Nome original: The Big Bang Theory
Nome do Brasil: Big Bang: A Teoria
Gênero: Sitcom / Comédia
Ano: 2007 a 2019
Número de Temporadas: 12
Número de Episódios: 279
Duração: 18 / 22 minutos por episódio
Criadores: Chuck Lorre / Bill Prady
Elenco: Johnny Galecki / Jim Parsons / Kaley Cuoco / Simon Helberg / Kunal Nayyar /
Sara Gilbert / Mayim Bialik / Melissa Rauch / Kevin Sussman / Laura Spencer
País de produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

1 temporada até a 12 temporada (2007 a 2019)

The Big Bang Theory (Big Bang – A Teoria) é uma série de comédia que estreou na CBS,
Criada por Chuck Lorre e Bill Prady, a série conta com cinco personagens que vivem em Pasadena.
Entre eles, estão o físico teórico Sheldon Cooper e o experimental Leonard Hofstadter,
ambos vivendo juntos, compartilhando um apartamento e trabalhando na Caltech.
Temos também a belíssima Penny, uma garçonete e aspirante a atriz que mais tarde
se torna uma representante farmacêutica, e que vive como vizinha de ambos,
o engenheiro aeroespacial Howard Wolowitz e o astrofísico Rajesh Koothrappali,
amigos e colegas de trabalho nerds, socialmente desajeitados como Leonard e Sheldon.
Os hábitos nerds e o intelecto dos quatro entra em contraste em relação
ao efeito cômico com as habilidades sociais e o senso comum de Penny.

Big Bang – A Teoria é uma série muito divertida com piadas inteligentes
que faz com que “qualquer pessoa” goste até mesmo do “cara chato”.
Todos os personagens são extremamente engraçados e carismáticos,
mas o Dr. Sheldon Cooper é quem realmente faz a diferença
com sua manias infantis e excêntricas e claro com seu humor esquisito.
Tanto que em 2017, “Big Bang – A Teoria” gerou um spin-off, a série Jovem Sheldon,
contando a infância do icônico personagem em sua cidade natal no Texas.
A série ganhou muitos prêmios e teve uma boa longevidade, conquistando muitos fãs.
Recomendado pra que curte o universo nerd e pra quem gosta de uma boa comédia.

Texto escrito ao som de Barenaked Ladies – History of Everything

NOTAS E CURIOSIDADES:

O primeiro piloto da série foi recusado pela rede de TV norte-americana CBS,
mas os executivos viram potencial na história e pediram revisões aos criadores.

Todos os nomes de episódios, são referências a assuntos científicos.

Penny e Leornard também namoraram de verdade longe das câmeras.
Kaley Cuoco (Penny) namorou Johnny Galecki (Leonard) por dois anos
enquanto eles trabalhavam juntos no elenco da série.

As fórmulas são reais.
Os quadros brancos do apartamento de Leonard e Sheldon
geralmente são cobertos com números e equações.
Os produtores do programa contrataram o professor de Física David Saltzberg,
da Universidade da Califórnia, para ajudar com a parte científica.

Assim como Sheldon Cooper, o ator Jim Parsons, que o interpreta, também é do Texas.

A origem do “bazinga”: A origem da famosa palavra dita por Sheldon
diz respeito a uma piada que o escritor, Stephen Engel,
costumava contar na sala dos roteiristas.
Logo a piada pegou entre o elenco e a equipe.
A palavra estreou quase por acidente,
pois foi inserida no roteiro um pouco antes de uma gravação, segundo Jim Parsons.

“Soft Kitty” é uma música real.
A canção que Penny canta para Sheldon quando ele está doente existe.
O produtor executivo Bill Prady disse que a música é real,
e chegou aos seus ouvidos através de sua filha.
A música foi viral em todo o mundo e tem inspirado produtos como camisetas e bichos de pelúcia.

As cores das camisetas de Sheldon mostram seu humor: raiva (vermelho),
cobiça (laranja), medo (amarelo), coragem (verde), esperança (azul) e amor (roxo).

Originalmente, John Galecki estava escalado para interpretar Sheldon,
mas se sentiu mais a vontade com o papel de Leonard.

Nayyar (Raj) é casado com a Miss Índia 2006, Neha Kapur.

Quem interpretava a mãe de Howard ou melhor, a voz dela,
era a atriz Carol Ann Susi, que faleceu em 2014.
Ela participou de séries como Um Amor de Família, Seinfeld, CSI: NY e That´s 70 Show.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!