7 de dezembro de 2021

“ISSO É MEGA!” – MEGA DRIVE

APRESENTAÇÃO:

Mega Drive, conhecido como Sega Genesis na América do Norte,
é um console de 16 bits da Sega, que faz parte da quarta geração,
que concorria diretamente com o Super Nintendo.
O console fez grande sucesso na década de 1990,
perdendo espaço após o surgimento e popularização
da nova geração de consoles de 32 bits, como o PlayStation da Sony.
Foi lançado em 1988 e descontinuado 1995 no Japão,
em 1989 e descontinuado em 1997 nos Estados Unidos.

Esta é uma das versões que a Tec Toy trouxe pra gente, Super Mega Drive 3 – Edição Show do Milhão

BRASIL:

No Brasil, chegou em 1990 e ainda é produzido pela Tectoy, com novas versões.
e normalmente incluindo vários jogos na memória ou em um cartucho multijogo.
Esses consoles são equivalentes ao “Genesis III” da Majesco americana,
que não suportam os acessórios produzidos para o sistema ou o jogo Virtua Racing.
A Tec Toy desenvolveu alguns jogos exclusivos para o Mega Drive,
como: Férias Frustradas do Pica-Pau, Turma da Mônica na Terra dos Monstros,
um port de Duke Nukem 3D e o Show do Milhão (Baseado no programa do SBT).

A Tec Toy desenvolveu alguns jogos exclusivos para o Mega Drive.

HISTÓRIA:

O Mega Drive foi desenvolvido a partir de uma placa de fliperama da própria SEGA,
e chamou a atenção na época por reproduzir com grande fidelidade
vários jogos que faziam muito sucesso nos arcades (fliperamas).
O Mega encontrou bastante resistência no mercado japonês,
devido a forte concorrência do Super Famicom (o SNES japonês)
e do PC Engine (que por aqui ficou conhecido como TurboGrafx-16),
porém ele foi bem sucedido na Europa, no Brasil e nos Estados Unidos.

Mortal Kombat do Mega Drive trazia os fatality’s originais e o sangue.

ACESSÓRIOS:

Controle:

O controle original do Mega Drive tinha 3 botões (A, B e C) principais e o botão Start.
Em 1993, foi lançado um controle com 6 botões principais (adicionados X, Y e Z).
este controle foi feito especialmente para os jogos de luta e tem função de alternar
entre modos de 3 ou de 6 botões, para ser compatível com todos os jogos.

Nada melhor do que jogar com um controle com mais opções, principalmente em games de luta.

Mega 32X:

O 32X é um acessório que era inserido na entrada de cartucho do console,
recebendo cartuchos próprios ou do Mega Drive.
Para caber em todas as versões do console, possuía diferentes fundos.
No Japão, foi distribuído com o nome Sega Super 32X.
Na América do Norte, Sega Genesis 32X.
Na Europa, Austrália e Brasil, era chamado Mega 32X.

Sega CD:

Lançado como Mega-CD na maioria das regiões fora da América do Norte e do Brasil,
é um acessório de CD-ROM para o Mega Drive projetado e produzido pela Sega.
O Sega CD reproduz jogos baseados em CD e adiciona funcionalidades de hardware,
como uma unidade de processamento central mais rápida e aprimoramentos gráficos,
além de também poder reproduzir CDs de áudio.

Sega Mega Adaptador:

Era um adaptador permitia jogar cartuchos de Master System no Mega Drive.

Sega Mega Net:

Foi lançado em 3 de novembro de 1990 no Japão,
era um acessório que permitia jogos online no console,
funcionava através de um cartucho com modem
que se conectava à internet através de conexão dial-up,
apesar dos planos, a Sega nunca lançou o acessório nos Estados Unidos.

MODELOS:

Mega Drive 1, 2 & 3:

As versões do Mega Drive eram numeradas, mas elas não equivalem em todos os mercados.
Há três versões principais desse console:
O Mega Drive original é o maior de todos,
suporta o adaptador para rodar jogos de Master System, o Mega CD e o 32x.
Tem uma saída de fone de ouvido com controle de volume.
A segunda versão do console é menor e não suporta corretamente
o adaptador de Master System, mas suporta Sega CD e 32X.
A terceira versão foi lançada após a “era dourada”
e foi barateada para atingir um mercado mais popular.
Essa versão não suporta o 32x nem o Sega CD, foi lançada nos EUA pela Majesco
e no Brasil pela Tec Toy (sendo que a versão da Majesco apresentava um novo design).

Este é o famoso “Megazord”, formado pelo mega Drive, o 32X e o Sega CD.

Sega CDX:

Multi Mega CDX (ou Sega CDX nos Estados Unidos)
foi um console de videogame da quarta geração com 16-bits lançado em 1994,
combinando Mega Drive (Genesis nos Estados Unidos) e um de seus acessórios,
o Sega CD (Sega Mega-CD na Europa), em um console compacto.

Genesis Nomad:

Genesis Nomad (também conhecido como Sega Nomad)
foi um console portátil lançado pela Sega em outubro de 1995
e que era uma variação do Mega Drive,
ele também possuía conectividade com a televisão a partir de cabos,
foi desenvolvido a partir do Mega Jet,
uma versão portátil do console utilizada em aviões no Japão.

O Mega Drive portátil

Mega Drive Mini:

Em 2019, foi lançado o Sega Genesis Mini, (Mega Drive Mini),
É um console que segue o modelo do Genesis da Sega.
O Mini emula o hardware de 16 bits do console original e inclui 42 jogos.

Diversão que cabe na palma da mão

A SEXTA-FEIRA CLÁSSICA RECOMENDA:

Sonic the Hedgehog 2

Golden Axe

Phantasy Star 2

Aladdin

Alisia Dragon

Shining Force

Moonwalker

Quackshot Starring: Donald Duck

Castle of Illusion Starring: Mickey mouse

Gunstar Heroes

Ristar

Contra: Hard Corps

Ecco: The Tides of Time

Mortal Kombat

Streets of Rage

Turma da Mônica na Terra dos Monstros

Earthworm Jim

Landstalker

Strider

Castlevania Bloodlines

Kid Chameleon

Ghouls N’ Ghosts

Revenge of Shinobi

Vectorman

Flashback: The Quest for Identity

Toejam and Earl

Comix Zone

Beyond Oasis

CONCLUSÃO:

Com o adaptador de Master System era possível experimentar o melhor dos dois mundos: 8 bits e 16 bits.

O Mega Drive é um console que fez muito sucesso aqui no Brasil,
e até hoje em dia ainda é fabricado e lançado com versões atualizadas.
tem uma biblioteca de jogos lotada de grandes clássicos, como Sonic,
Streets os Rage, The Revenge of Shinobi, Golden Axe, entre muitos outros…
Além de ser um dos consoles com mais acessórios já lançados,
se não bastasse ainda tem outra característica marcante,
foram os add-ons criados para ele, o Mega CD (ou SEGA CD nos EUA) e o 32X.
ambos melhorava consideravelmente o poder do console e traziam jogos próprios.
fora a retrocompatibilidade com o Master System através de um adaptador.
Dá pra Imaginar o tamanho dessa imensa biblioteca de games num único console?
Não é a toa que o Mega Drive tem uma base enorme de fãs,
e faz dele um dos videogames clássicos mais querido do mundo gamer!

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!