1 de dezembro de 2021

“LUZES, CÂMERA E… ASSASSINATO” – DEXTER EM CENA

FICHA TÉCNICA:

Titulo: Dexter em Cena
Título Original: Dexter´s Final Cut
Autor: Jeff Lindsay (pseudônimo do dramaturgo e romancista americano Jeffry P. Freundlich)
Gênero: Policial / Suspense / Ficção
Editora: Planeta
Coleção / Arco: Dexter
Publicação: Original 2013
Número de Páginas: 416 páginas

RESENHA (SEM SPOILERS):

Considerado por muitos a melhor obra da série,
neste volume Dexter começa a entrar em contato
com o marasmo da vida de casado,
e uma oportunidade única aparece.
Um novo seriado policial começa a ser rodado em Miami,
e em um acordo com o chefe de polícia,
Dexter e Deborah são escolhidos
para mostrar aos atores como o trabalho é feito.
(Uma ideia bem interessante.
Deviam aproveitar isso em uma série,
talvez algo a respeito de um técnico forense serial killer
que tem uma irmã detetive….)
Quando uma mulher muito parecida com a atriz principal
aparece morta e terrivelmente mutilada,
Dexter logo percebe que não pode ser somente uma coincidência,
então passa a vigiá-la, afinal ela pode ser a próxima vítima.
Até aí tudo bem, não fosse o fato que o nosso serial killer
começou a se habituar com o luxo e a boa vida das estrelas de Hollywood,
e pior ainda, se apaixona pela sua protegida.
Mal sabe ele que Hollywood
pode esconder monstros tão ou até mais sombrios que ele.

Resenha escrita ao som de Capital Inicial – Psicopata

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!