3 de dezembro de 2021

“O MUNDO FICOU LOUCO” – EU SOU A LENDA

FICHA TÉCNICA:

Titulo: Eu sou a lenda (ou A Última Esperança sobre a Terra)
Título Original: I Am Legend
Autor: Richard Matheson
Gênero: Ficção científica / Ficção distópica / Suspense / Terror
Editora: Editora Aleph
Publicação: 1954
Número de Páginas: 384 páginas

“Sem Richard Matheson, eu não estaria aqui.
Ele é tanto meu pai quanto Bessie Smith é a mãe de Elvis Presley.”
Stephen King

RESENHA (SEM SPOILERS):

A vida de Robert Neville não é nada fácil.
Acordar, reparar a sua casa, verificar a sua horta, coisas simples.
Também aproveita o dia para afiar estacas, rodear a casa com réstias de alho.
Nesse mundo, toda a humanidade foi infectada por um vírus
que faz com que os mortos se levantem sedentos de sangue e sensíveis à luz do sol,
e Neville é o último ser humano restante.
Então, toda noite ele é assediado e bombardeado pelos mortos vivos
que querem que ele saia do seu bunker.
E na manhã seguinte a sua rotina se repete.
Outra de suas atividades é procurar infectados adormecidos, matá-los e incinerá-los,
a assim segue a vida, assolado pelo tédio e pela solidão enquanto tenta não enlouquecer.
O livro caminha para um desfecho surpreendente, que nenhum dos filmes,
exceto Mortos que matam de 1964, conseguiu chegar próximo do final surpreendente do livro.
Além deste foram feitos mais dois filmes baseados no livro,
“A Última Esperança Da Terra” de 1971 e “Eu sou a Lenda” de 2007.

Resenha escrita ao som de Stevie Wonder – Superstition

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!