1 de dezembro de 2021

“FIQUE A BORDO SE QUISER SOBREVIVER” – INVASÃO ZUMBI

FICHA TÉCNICA:

Nome original: Train to Busan
Nome do Brasil: Invasão Zumbi
Gênero: Ação / Terror / Suspense
Ano: 2016
Duração: 1h 58min
Direção: Sang-Ho Yeon
Elenco principal: Gong Yoo / Yumi Jung / Dong-seok Ma
País de produção: Coréia Do Sul

RESENHA (SEM SPOILERS):

Em um trem de alta velocidade
com destino à cidade de Busan, na Coréia do Sul,
um vírus misterioso que transforma as pessoas em zumbis,
acaba se espalhando de maneira devastadora.
A cidade de destino da locomotiva
conseguiu com sucesso se defender da epidemia,
mas até chegar lá eles deverão lutar pelas suas sobrevivências.

Essas criaturas tão adoradas e temidas da cultura pop, os zumbis,
sempre estiveram na moda, com produções como The Walking Dead,
Zumbilândia, Madrugada dos Mortos ou Guerra Mundial Z etc…
Porém é muito difícil se reinventar e contar uma nova história,
com o tema pandemia ou apocalipse zumbi, mas não é o caso de Invasão Zumbi,
que oferece uma nova perspectiva para o gênero tão conhecido.
Invasão Zumbi é tenso, frenético desde o começo até o final.
Com excelentes efeitos especiais, um visual aterrorizante, o filme surpreende.
Traz uma história que consegue prender a atenção de que assiste.

Texto realizado ao som de The Cranberries – Zombie

NOTAS E CURIOSIDADES:

Tem uma sequência chamada Invasão Zumbi 2: Península lançada em 2020);

Sang-Ho Yeon fez um filme de animação intitulado Seoul Station, que é um prequel de Invasão Zumbi.
Os eventos na estação de Seoul ocorrem um dia antes dos acontecimentos no trem para Busan;

Dong-seok Ma, que interpreta o homem acompanhado da gestante, já foi personal trainer de Gong Yoo;

Primeiro filme sul-coreano a ultrapassar a marca de US$ 1 milhão na bilheteria da Cingapura;

As filmagens começaram em 26 de abril de 2015 e só foram finalizadas em 19 de agosto de 2015;

Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro 2017: indicado a Melhor Filme Estrangeiro;

Associação de Críticos de Cinema Coreanos 2016:
prêmio especial para os efeitos de maquiagem e apontado como um dos dez melhores filmes do ano;

Orçamento: US$ 8,5 milhões e teve bilheteria mundial de US$ 92 milhões;

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!