30 de novembro de 2021

“UM MORTO CHEIO DE VIDA” – MEDIEVIL (REMAKE)

APRESENTAÇÃO:

MediEvil é um jogo de hack and slash com elementos de plataforma,
desenvolvido pela Other Ocean Emeryville e publicado pela Sony em 2019.
Trata-se de um remake do “MediEvil” lançado para o PS1 em 1998.
Vale lembrar que o clássico jogo para o PS1 já teve um remake antes,
chamado “MediEvil: Resurrection” lançado para o PSP em 2005.
porém com muitas mudanças comparadas ao jogo original.

Esse é o nosso herói: Sir Daniel Fortesque

HISTÓRIA:

O jogo começa como uma narrativa de um Reino fictício de Gallowmere no século XIII.
A 100 anos atrás o poderoso mago Zarok, tentou conquistar o reino de Gallowmere,
em uma batalha que terminou na morte do grande herói Sir Daniel Fortesque,
mas as tropas reais de Gallowmere conseguiram derrotar o mago Zarok.
Entretanto essa não é toda a verdade, Sir Daniel, além de covarde
foi alvejado por um flecha antes mesmo da batalha começar.
Agora, 100 anos depois, Zarok retornou e ameaça novamente o reino de Gallowmere.
Com sua magia sinistra, o mago transformou o dia em noite
e ressuscitou os mortos para servirem como seu exército.
Mas sua magia também trouxe de volta o covarde Sir Daniel,
que terá mais uma chance de provar seu valor e reconquistar a honra perdida.

Nessa parte, é preciso ajudar esses pobres coitados pendurados

GAMEPLAY:

O jogo acontece em um mapa bem ao estilo do Super Mario World (SNES),
onde o jogador pode ir avançando pelas fases e depois retornar para as fases passadas.
O personagem principal é Sir Daniel Fortesque, ele é capaz de utilizar uma variedade de armas,
como espadas, clavas e até o próprio braço, caso não possua nenhuma arma no momento.
Sir Daniel também pode usar armas de longo alcance, como lançar punhais, fechas e lanças.
Esses ataques podem ser carregados por dois segundos e lançados ainda mais fortes.
Ele também usa uma variedade de escudos, que resistem a uma quantidade limitada de danos.
A energia de Sir Daniel é mediada através de uma barra de saúde,
Caso a barra de saúde acabe devido ao dano levado,ele pode utilizar “frascos de vida”,
que recuperaram automaticamente toda a sua saúde, caso ela esteja esgotada,
assim quanto mais “frascos de vida” achar no jogo, melhor!
Durante o jogo, Sir Daniel encontra duas cabeças de gárgulas nas fases:
As gárgulas verdes oferecem informações utéis (dicas),
As gárgulas azuis vendem armas, escudos e itens de cura em troca do ouro.
Em cada fase, Sir Dan é capaz de encontrar um cálice de almas,
que pode ser coletado se o jogador derrotar inimigos suficientes.
Sir Daniel pode usar os cálices para obter acesso ao Hall of Heroes,
onde ele pode falar com um dos vários personagens não jogáveis,
para receber uma nova arma ou outro item.
Ao coletar todos os cálices, o verdadeiro final do jogo será mostrado.

Esse é o mapa principal, nele podemos escolher algumas fases e está todo em Português do Brasil

GRÁFICOS E SONS:

Todo o jogo teve seus gráficos refeitos para o PlayStation 4.
O visual tá maravilhoso, cheio de detalhes e com cores mais “vivas”.
é tão caprichado quanto os dois remakes que também vieram do PS1:
Crash Bandicoot N. Sane Trilogy & Spyro Reignited Trilogy.
A trilha sonora do game foi refeita pelos compositores do original:
Andrew Barnabas & Paul Arnold, com direito até a um coral.
A música desse remake foi orquestrada pela Orquestra Sinfônica de Praga.
Já as vozes, foram em sua maior parte mantidas do original,
O Jogo está localizado todo em Português do Brasil e está excelente,
isso é um ponto forte, pois o game é muito humorado!

Versão Deluxe de MediEvil.

DlC:

Foi lançada também uma versão Deluxe de MediEvil.
contendo trilha sonora original, livro de arte digital, tema dinâmico e outros mimos.
Mas a mais interessante adição é a “Super Armadura Dourada” (ela veio de MediEvil 2).
O efeito de usar essa Super Armadura Dourada é até útil,
ao usa-la o jogador tem um aumento de 10% a mais de moedas de ouro por coleta.
Porém você também paga 10% a mais de moedas de ouro ao comprar dos gárgulas azuis,
com a armadura dourada equipada, mas você pode desequipar a armadura dourada
na hora de comprar os itens e munições e depois voltar a equipa-la.

Nada como um bom e velho ataque a distância.

CURIOSIDADES:

Embora o jogo permaneça idêntico em conteúdo ao MediEvil original,
vários novos recursos foram introduzidos.

Isso inclui a capacidade de alternar entre uma arma primária e secundária,
introduzida pela primeira vez como um recurso no MediEvil 2.

O “Dan Cam”, um ponto de vista de câmera opcional que usa uma perspectiva sobre o ombro.

Um glossário de informações sobre os personagens e inimigos do jogo,
conhecido como Livro de Gallowmere.

Os objetivos opcionais “Lost Souls” também foram incorporados ao jogo,
o que requer que Sir Daniel complete uma missão recebida de um fantasma encontrado nas fases.
Caso todos esses objetivos de Lost Souls forem concluídos, o jogador desbloqueia
a opção de jogar o MediEvil original na tela do menu, com o nome de “Jogo Antigo”.

Essa galerinha zumbi não tá pra brincadeira

CONCLUSÃO:

MediEvil é um ótimo jogo pra apresentar para o púbico mais jovem,
que ainda não conhecem a franquia ou aqueles saudosistas da era PS1.
Manteve todo o conteúdo lançado no original e trouxe algumas coisas novas,
como melhorias na jogabilidade e sidequest dentro da própria fase.
mas não pense que é um jogo fácil, é tão difícil quanto o game de 1998.
É lindo graficamente, músicas épicas, bastante humor e muita diversão!
O Sir Daniel Fortesque se levantou mais uma vez de seu túmulo…
e trouxe uma nova visão de uma jornada fantástica para o Playstation 4!

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!