30 de novembro de 2021

“A ARTE É DURADORA, A VIDA É CURTA” – DEXTER: DESIGN DE UM ASSASSINO

FICHA TÉCNICA:

Titulo: Dexter- Design de um Assassino
Título Original: Dexter by Design
Autor: Jeff Lindsay (pseudônimo do dramaturgo e romancista americano Jeffry P. Freundlich)
Gênero: Policial / Suspense / Ficção
Editora: Planeta
Coleção/Arco: Dexter
Publicação: Original 2009
Número de Páginas: 272 páginas

RESENHA (SEM SPOILERS):

Dexter está casado, a esposa é um mal necessário,
mas a parte mais interessante do pacote são seus novos filhos Astor e Cody,
que sabem sobre o “passatempo” de Dexter,
que já descobriu que Cody tem um passageiro sombrio semelhante ao seu.
Assim que volta para Miami, da lua de mel em Paris se depara com um novo assassino.
Os corpos de turistas são dispostos como se fossem obras de arte,
o que é amplamente aprovado pelo apurado senso estético de seu passageiro sombrio.
Fora que, por agir impulsivamente, acaba atrapalhando sua vida,
já que Doakes ainda não saiu da sua cola.
Agora Dexter tem de se esforçar para não se tornar a próxima obra de arte.

Resenha escrita ao som de Black Sabbath – Paranoid

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!