7 de dezembro de 2021

“MISTÉRIOS CORREM NAS VEIAS” – ENOLA HOLMES

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: Enola Holmes
Nome do Brasil: Enola Holmes
Gênero: Aventura / Crime / Drama / Mistério
Ano: 2020
Duração: 2h 3m
Direção: Harry Bradbeer
Roteiro: Jack Thorne
Elenco Principal: Millie Bobby Brown / Henry Cavill / Sam Claflin / Helena Bonham Carter
País de Produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

Enola é a caçula de três irmãos da família Holmes.
Diferente de seus irmãos, ela foi criada e educada em casa pela sua mãe
enquanto eles foram estudar em bons colégios.
Durante uma manhã, Enola nota que sua mãe desaparecera
e passa à investigar seu paradeiro, inclusive despistando seu irmão detetive.
Apresentando um excelente elenco, figurino e direção de arte,
o filme agrada em suas duas horas de duração com um roteiro simples e direto.
Uma ótima opção para quem quer apenas um filme leve e divertido,
sem se preocupar com uma grande trama.
Confira!!!

Texto realizado ao som de Nightwish – Storytime

NOTAS E CURIOSIDADES:

  • Esse longa metragem é baseado na série de livros de Nancy Springer
    “The Enola Holmes Mysteries”,
    que segue a irmã mais nova de Sherlock e Mycroft Holmes, Enola;
  • Millie Bobby Brown é uma das produtoras desse filme;
  • Foi anunciado em abril de 2020 que a Netflix adquiriu os direitos de estreia
    em seu serviço de streaming, em vez de o filme ter uma exibição nos cinemas.
  • O filme teúne Fiona Shaw, Helena Bonham Carter e Frances de la Tour,
    que fizeram parte dos filmes de Harry Potter;
  • Nenhuma referência à uma irmã mais nova foi feita nas histórias originais de Doyle.
    Alguns leitores especularam que poderia haver outro irmão de Holmes,
    citando o fato de Sherlock nunca ter mencionado que tinha um irmão (Mycroft)
    até que apareceu na Baker Street;
  • Jack Thorne escreveu o roteiro da história,
    que envolve um adolescente desaparecido cujo pai foi assassinado,
    por isso pode ser baseado no primeiro romance da série de livros
    “O Mistério do Marquês Desaparecido”;
  • Em junho de 2020, surgiu em torno da interpretação de Sherlock Holmes (Henry Cavill)
    como sendo muito atencioso e empático nesta versão cinematográfica,
    com o espólio de Arthur Conan Doyle processando Netflix e Nancy Springer
    (a autora dos livros em que este filme é baseado) por violação de direitos autorais,
    pois as histórias de origem ainda não são de domínio público.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!