3 de dezembro de 2021

“É HORA DE DAR UM TROCADO PARA O SEU BRUXO” – THE WITCHER 3: WILD HUNT

APRESENTAÇÃO:

The Witcher 3: Wild Hunt é um jogo de RPG de ação,
foi desenvolvido pela CD Projekt RED e lançado em 2015.
Saiu para Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC.
Ele sucede The Witcher (2007) e The Witcher 2: Assassins of Kings (2011),
que foram baseados na série de livros de fantasia Wiedzmin,
do escritor polonês Andrzej Sapkowski.

Geralt de Rívia, conhecido como o lobo branco ou carniceiro de Blaviken

HISTÓRIA:

O protagonista dos jogos da série The Witcher é Geralt de Rívia.
Ele está em busca de Yennefer, uma antiga aliada e interesse amoroso.
Logo ele descobre que nem tudo é o que parece,
quando é designado com a tarefa de encontrar Cirila,
filha do Imperador, que foi treinada por Geralt,
para se tornar um tipo de herdeira de suas missões e habilidades.
O maior problema é que, tanto Geralt quanto Cirila,
estão sendo perseguidos pela Caçada Selvagem (Wild Hunt),
um tipo de força sombria que invadiu as terras do norte.
A história do jogo é complexa e profunda e tentei simplificar o máximo,
Na medida que avança na história principal e vai fazendo escolhas,
a trama vai se ramificando em vários níveis,
nos quais incluem as inúmeras aventuras paralelas,
que são liberadas a todo momento.

Uma das primeiras missões é caçar um grifo e não será tarefa fácil!

OS PERSONAGENS PRINCIPAIS:

Geralt de Rívia:

Geralt foi abandonado na infância por sua mãe na fortaleza da Escola do Lobo,
o local conhecido como Kaer Morhen, onde foi treinado
e transformado em um bruxo, conhecido como o Lobo Branco.

Ciri:

A bela moça de cabelos brancos foi adotada por Geralt quando ainda criança.
Ciri foi treinada para ser uma bruxa em Kaer Morhen, mas não chegou a sofrer nenhuma mutação.
Graças às suas habilidades, Ciri tem papel fundamental na trama de The Witcher 3: Wild Hunt.

Yennefer de Vengerberg:

Grande amor de Geralt nos livros, é uma feiticeira de alta classe e tem grande amor por Ciri,
de quem cuida como uma filha e ajuda a treinar suas habilidades mágicas.

Triss Merigold:

Grande amiga e por vezes amante de Geralt,
Triss é uma feiticeira muito poderosa que acompanha o Lobo Branco em algumas aventuras.

Vesemir:

Um dos mais experientes bruxos de Kaer Morhen,
Vesemir serve como uma espécie de figura paterna para Geralt.
Tem grande conhecimento sobre monstros, além de ser um exímio guerreiro.

Dandelion:

Famoso bardo que segue Geralt em diversas de suas aventuras,
as quais Dandelion usa como inspiração para suas canções.

O cavalo Carpeado te acompanhará o tempo todo…

GAMEPLAY:

The Witcher 3: Wild Hunt é um jogo de mundo aberto, repleto de missões.
E a cada nova cidade explorada revela-se uma série de missões paralelas.
O que torna esse game tão interessante, é o fato das missões terem uma história própria,
onde o jogador sente que está fazendo uma missão nova em cada uma delas, até nas mais simples.
e olha que se não bastasse centenas de missões paralelas, coletáveis e contratos de bruxo…
ainda tem outro jogo dentro de The Witcher 3: O Gwent!
Que é um card game completo dentro da aventura,
com regras próprias e sistema de construção de baralhos.
Falando agora nos comandos, este jogo é repleto de combinações de golpes,
Geralt pode atacar, defender, pular, correr, andar, nadar, atacar com magia e contra-atacar.
há uma infinidade de possibilidades para o jogador fazer no início da aventura.
mas não se preocupe, no início do game tem um tutorial pra ensinar o básico.
Uma outra habilidade marcante de Geralt, sem dúvidas é o “modo bruxo”
que o faz enxergar elementos secretos nos cenários e rastrear presas com precisão.
The Witcher 3 é um RPG com elementos clássicos do gênero como,
a personalização do personagem e criação de itens e equipamentos.
O sistema de combate é voltado pra ação com ataques rápidos devastadores,
magias poderosas e combinações fulminantes de contra-ataques.
Não é um jogo nada repetitivo, muito desafiador e enorme em todos os sentidos.

O visual do game é espetacular...

GRÁFICOS E SONS:

Os gráficos do jogo são maravilhosos e com uma qualidade extrema.
tudo muito detalhado, as paisagens são vastas e com muita vida.
Os ambientes são variados tanto na fauna quanto na flora local.
O game tem florestas, vilas, pântanos, mares, imensas cidades,castelos ,
montanhas e muito outros locais desse universo medieval.
A trilha sonora é espetacular, linda e claro…épica,
Os diálogos são inteligentes o que deixa a narrativa imersiva e cativante.
A dublagem brasileira é excelente e foi bem elogiada pelos críticos,
levou 8 meses para ser concluída, foi feita simultaneamente em quatro estúdios e contou
com nomes de peso do ramo para as vozes dos mais de 800 personagens apresentados.

Tudo cheio de detalhes e muito vivo!

DLCS:

As expansões inserem novas histórias ao jogo,
as quais se passam depois do término da trama principal
ou durante a mesma, caso o jogador ainda não a tenha completado.
além dos 16 DLCs grátis, ainda traz mais duas DLCS de campanha:

Hearts of Stone (Corações de Pedra):

Esta expansão acrescenta mais de 10 horas de aventura ao game,
apresenta novos personagens, novas cartas de Gwent e novas missões.
Levando o jogador aos confins de Velen e aos cantos e becos de Oxenfurt,
onde Geralt tentará completar um contrato do misterioso Olgierd von Everec.

Blood and Wine (Sangue e Vinho):

Esta expansão oferece mais de 30 horas de história
e introduz uma nova e gigantesca região de nome Toussaint.
a expansão segue a viagem do protagonista Geralt de Rívia para Toussaint,
um ducado Nilfgaardiano intocado pela guerra,
esperando rastrear uma misteriosa fera que vem aterrorizando a região.

Pense num joguinho de cartas maravilhoso e que vicia rapidamente…

GWENT:

É um jogo de cartas colecionáveis que o jogador pode curtir durante a aventura.
É desafiador, rápido e estratégico que simula um combate entre exércitos,
com unidades de infantária, longo alcance e cerco.
Lembra muito jogos de cardgames do tipo Yugioh! e Magic: The Gathering
O jogador mais esperto e com as melhores cartas sempre leva a melhor.
Devido ao sucesso do jogo em The Witcher 3 e ao apelo dos fãs,
ganhou próprio jogo chamado Gwent: The Witcher Card Game,
cheio de aprimoramentos, duelos cheios de estratégias e com cartas
que remetem ao lendário universo de uma forma muito interessante.

Não existe inimigo fraco para Geralt de Rívia, todos dão muito trabalho.

CONCLUSÃO:

The Witcher 3: Wild Hunt é um excelente jogo,
imenso, muito caprichado, uma obra prima em todos os sentidos.
O jogo foi um sucesso de crítica e público, chegando a ganhar mais de 800 prêmios.
Tem 16 DLCS, duas expansões de campanha, totalizando quase 200 horas de jogatina,
pra aquele jogador que gosta de explorar tudo e fazer todas as missões.
É um jogo enorme, com um roteiro complexo e envolvente,
personagens marcantes e muito carismáticos e dublagem em Português.
Não é preciso conhecer os livros, ter jogado os jogos anteriores ou ter visto a série,
pra jogar este jogo, pois tudo nele é muito bem explicado durante a campanha.
The Witcher 3: Wild Hunt é um dos melhores jogos para o Playstation 4.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!