1 de dezembro de 2021

“UM URSO, UMA PASSARINHA E UM DESTINO” – BANJO-KAZOOIE

APRESENTAÇÃO:

Banjo-Kazooie é um jogo de plataforma, desenvolvido pela Rare,
e originalmente lançado para o Nintendo 64 em 1998.
Em 2008, Banjo-Kazooie foi relançado para o Xbox 360,
através do serviço de download Xbox Live Arcade com algumas atualizações,
como o sistema de troféus, correções de bugs e falhas da versão original do N64.
O jogo também está incluído na compilação Rare Replay,
lançado para o Xbox One em 2015, que inclui 30 dos melhores títulos,
já lançados em todos os anos da empresa Rare.

HISTÓRIA:

Tudo começa com uma bruxa chamada Gruntilda, em sua fortaleza,
perguntando ao seu caldeirão mágico,
se existia alguém mais bonita do que ela vivendo em Spiral Mountain.
O caldeirão indica que há mesmo uma pessoa,
ou melhor uma ursa chamada Tooty, irmã de Banjo,
que está esperando por ele, para sair para uma aventura.
A bruxa sai voando em sua vassoura mágica e rapta Tooty,
quando Banjo e Kazooie chegam ao local, Tooty já havia sumido.
Apenas o amigo de Tooty, Bottles testemunhou o ocorrido,
dizendo a Banjo sobre a história de Gruntilda.
A bruxa queria roubar a beleza de Tooty e usa-la em si mesma,
enquanto Tooty ficaria com toda a feiura da Bruxa má.
Então Banjo e Kazooie partem para resgatar Tooty.

As peças de quebra-cabeças são usadas para abrir novos mundos.

GAMEPLAY:

Durante a aventura, a toupeira amiga chamada Bottles,
serve como uma espécie de tutorial,
ensinando os movimentos para Banjo e Kazooie usarem nas fases.
como nadar, ataques de socos, pular, movimentos usando Kazooie,
como dar bicadas, lançar ovos, voar, correr, entre outros…
Durante as fases pode-se encontrar a casa do feiticeiro Mumbo Jumbo,
um shamã esqueleto que transforma Banjo em algum animal:
como uma formiga, uma abelha, uma morsa ,um jacaré e dependendo da fase,
até em coisas inusitadas como uma abóbora ou uma máquina de lavar.
Eles encontram também a fada Brentilda, a irmã boa de Gruntilda,
que diz ter lido seu diário, assim contando segredos dela para o jogador,
anote todas as dicas dela, pois serão uteis no final do game.

As notas musicais servem para você abrir as portas no castelo da Bruxa má.

ITENS:

  • Mel: É o que recupera a energia do Banjo e da Kazooie.
  • Caixa de Mel: Quebre-a e ganhará três favos de mel.
  • Notas Musicais: servem para você abrir as portas no castelo da Gruntilda.
  • Quebra-Cabeça: São usados para abrir os mundos.
  • Ovo Azul: Usado para atacar oponentes a longa distância.
  • Pedaço do Mel Extra: aumenta permanentemente a barra de energia.
  • Pena Dourada: Kazooie pode criar um escudo deixando a dupla invencível.
  • Pena Vermelha: Serve para fazer a Kazooie voar.
  • Token do Mumbo: Serve para o Mumbo Jumbo realizar uma transformação em Banjo.
  • Troféu: Dá a Banjo e Kazooie mais uma vida extra.
  • Tênis de Corrida: Serve para Kazooie correr mais rápido.
  • Botas: Serve para Kazooie andar em alguns lugares nas fases sem levar dano.
Esses troféus amarelos dá a Banjo e Kazooie mais uma vida extra.

GRÁFICOS E SONS:

Os gráficos são lindos e foram bem caprichados pela Rare,
não é atoa que recebeu uma avaliação agregada de 92 de 100 do Metacritic.
Em 1999, ele recebeu dois prêmios da Academia de Artes Interativas e Ciências:
O de melhor Jogo de ação do Ano e Melhor Realização em Arte / Gráficos.
É considerado um dos jogos mais bonitos do Nintendo 64 até hoje em dia.
Quanto aos efeitos sonoros:
Os personagens tem uma maneira muito peculiar de se comunicar,
as vozes são uns sons que parecem “grulhindos”, é estranho porém engraçado.
É uma onomatopeia única que representa a voz de cada personagem do jogo.
Já a trilha sonora é um show a parte…
pois a música do jogo foi composta por Grant Kirkhope…
Suas contribuições mais notáveis são aquelas feitas para jogos da Rare.
como Donkey kong Land, Donkey Kong 64, Banjo-Tooie, Perfect Dark entre outros…

Os gráficos são lindos e foram bem caprichados pela Rare.

CONCLUSÃO:

Banjo-Kazooie sem dúvidas é um dos melhores jogos do Nintendo 64,
foi muito elogiado na época do lançamento, ganhando vários prêmios.
É um jogo muito divertido, gráficos lindos e trilha sonora impecável
Esse jogo foi um sucesso de crítica e de publico em tudo.
vendendo cerca de dois milhões de cópias nos Estados Unidos.
Teve uma continuação chamada de Banjo-Tooie,
lançada também para o Nintendo 64 dois anos depois.
Banjo-Kazooie é sem dúvidas, um excelente jogo de plataforma,
que vale muito a pena conhecer da biblioteca do Nintendo 64.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!