30 de novembro de 2021

“O REVOLUCIONÁRIO CONSOLE 3D DA SONY”- PLAYSTATION!

APRESENTAÇÃO:

Foi lançado no Japão em Dezembro de 1994,
e nos Estados Unidos e Europa em setembro de 1995.
Desde o seu lançamento até 2006, quando sua produção foi cancelada,
o PlayStation vendeu mais de 100 milhões de unidades.
Ocupa a posição de segundo console de mesa mais vendido no mundo,
superado apenas pelo seu sucessor, o PlayStation 2.

HISTÓRIA:

A origem do PlayStation começa em 1992, quando a Nintendo
planejava uma expansão de CD-ROM para o Super Nintendo.
A Sony, que já havia desenvolvido o chip de som do SNES,
foi escolhida para desenvolver essa expansão para a Nintendo.
Durante o projeto as duas empresas entraram em desacordo.
A Sony queria uma porcentagem das vendas do aparelho e dos jogos,
mas a Nintendo não aceitou essa proposta.
Em seguida a Nintendo anunciaria uma nova parceria com a Philips,
desfazendo o contrato com a Sony.
Como o projeto “PlayStation” já se encontrava em um estágio
avançado de desenvolvimento,
não foi difícil para o engenheiro chefe da Sony, Ken Kutaragi,
convencê-la a terminar e lançá-lo como um videogame independente.
Assim, ele foi lançado no final de 1994, no Japão,
totalmente remodelado e sem nenhum laço com a Nintendo.

BRASIL:

No Brasil, de acordo com a Sony, o PlayStation não foi vendido oficialmente
devido a pirataria e uma disputa judicial pelos nomes Playstation e Playstation 2,
pois estas marcas já estavam registradas por uma empresa.
Apesar disso, houve um grande “mercado informal” de consoles e jogos.
Em 2009 a Sony do Brasil finalmente lançou a linha PlayStation no país,
começando pelo PS2, mas já tendo aqui o Playstation 3 sendo vendido.

ACESSÓRIOS:

Memory Card:
Era um cartão de memória permitia salvar dados dos jogos
e o progresso do usuário no jogo para continuar do ponto em que parou.
Cada cartão de memória tinha 15 slots e cada jogo costuma ocupar um deles,
porém havia jogos que precisavam de mais do que um slot.

Controles:
O joystick do primeiro PlayStation trouxe os tradicionais botões
presentes no controle do SNES, além de mais botões de ombro: L2 e R2,
Além de trazer um design completamente inovador e bastante ergonômico.
Algum Tempo depois lançaram um upgrade para o controle do aparelho: o DualShock,
que introduziu duas mini-alavancas analógicas, além de um sistema de vibração,
que fazia o controle vibrar nas mãos do jogador de acordo com os jogos.
O DualShock acabou influenciando muitos controles que vieram posteriormente.

Tela de LCD:
Funcionava com o PlayStation One, modelo menor lançado em 2000.
Por ser mais portátil, a ideia era permitir levar o videogame para qualquer viagem,
resolvendo o problema da falta de televisão, com uma pequena tela.

Pocketstation:
Foi uma resposta da Sony ao VMU do Dreamcast, um memory card
com tela de cristal líquido que permitia jogar alguns mini-games.

O PlayStation Multitap:
É um adaptador que pode ser usado para conectar até quatro controles,
e cartões de memória ao mesmo tempo em uma única porta do controlador.

MÍDIA INOVADORA:

A Sony apostou no CD,
mídia muito mais barata e fácil de produzir do que os cartuchos
dos concorrentes, como o SNES e Mega Drive ou Nintendo 64.
Apesar de preço e produtividade, a principal inovação dos CDs em videogames
foi sua grande capacidade de armazenamento na época.
Isso permitiu a inclusão de animação renderizadas e sons realistas.
O fato de o Playstation permitir rodar CDs de música convencionais
também foi um diferencial na hora do jogador escolher qual videogame comprar.

Sim, a mídia de CD original do PS1 era de cor preta.

MODELOS:

PS One:
Foi lançado em 2000 e suas principais mudanças
comparada aos modelos anteriores eram: bem menor e mais leve.
Suas vendas no ano 2000 foram superiores até mesmo ao PlayStation 2.
Uma versão chamada de PS One Combo foi lançada e vinha com uma tela LCD.

PlayStation one Classic:
Com a nostalgia e a busca por jogos retrôs,
a Sony trouxe de volta o clássico que marcou gerações nos anos 90.
mas com algumas modernidades para a nossa época.
O modelo clássico vem com 20 jogos pré-instalados,
E conta com a conexão HDMI e micro USB, além de resolução 720p.

Polystation:
é um capítulo mais recente da clonagem do NES no Brasil.
Tudo o que se sabe sobre a procedência do aparelho
é que este é importado da China através do Paraguai.
O PolyStation já recebeu diferentes versões e continua à venda,
e já “trollou” muitos jovens cujos pais compraram o aparelho,
acreditando que estavam levando para casa o tal do PlayStation…

A SEXTA-FEIRA CLÁSSICA RECOMENDA:

Silent Hill
Resident Evil 2
Castlevania: Symphony of the Night
Crash Bandicoot
Spyro: The Dragon
Tenchu: Stealth Assassins
Tomb Raider
Spider-Man
Mortal Kombat Trilogy
Parasite Eve
Dino Crisis
Skullmonkeys
Legacy of Kain Soul Reaver
Metal Gear Solid
Marvel vs Capcom
Mega Man x4
Donald Duck: Goin’ Quackers!
Tekken
Syphon Filter
Alone in the Dark : The New Nightmare
Star Ocean
Diablo
Breath of Fire 3
Xenogears
Legend of Mana
Tarzan
Valkyrie Profile
Legend of Dragoon
Chrono Cross
Wild Arms

O Playstation conta com uma vasta biblioteca de ótimos jogos

CONCLUSÃO:

O PlayStation foi o console mais vendido da quinta geração,
superando o Sega Saturn e o Nintendo 64, concorrentes da época.
Conta com uma extensa biblioteca de jogos de grande sucesso,
Destaque para as franquias Resident Evil, Final Fantasy, Tomb Raider entre outros…
O sucesso da marca Playstation havia se estabelecido e conquistado muitos gamers.
Seus jogos até hoje são muito lembrados e jogados, seja por emuladores
ou retrocompatibilidade com os consoles da nova geração.
O PlayStation trouxe muita inovação e deixou seu nome na história,
e com certeza tem um espaço reservado na memória de cada um de nós.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!